COMENTÁRIOS/ENVIO DE ARTIGOS E FOTOS/SUGESTÕES

Para sugestões, envio de artigos e fotos que queiram ser postados e comentários, usem nosso e-mail:

ivaschin@gmail.com

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

MAIS UMA DO PESCADOR


E chegando em casa com muito ódio no coração de tanto estressar, como sempre, no trabalho, fui logo me queixando ao pescador, que sabiamente me concedeu o dever (ou direito) de ter em mãos uma pequena tábua e me explicou que, a cada vez que me estressasse ou xingasse uma pessoa, um prego ali eu deveria fincar.


Me deu também seu martelo velho (até hoje comigo lá no Capim Guiné) que tem um lado dos batentes quebrado, o que dificultava bem as marteladas! Me encheu a mão de pregos, velhos, retirados com o próprio martelo de uma caixa de supermercado, naquela época as caixas eram de madeira e pregadas.


E foi assim então, de tanto xingar e maltratar pessoas, enchi a tábua de pregos em poucos meses, ficou que nem um Ouriço Caixeiro (lá no Capim Guiné tem tembém). E assim fui logo esperar o pescador á tarde, voltando cançado do trabalho, sem saber o que viria após mostrar uma tábua cheia de ódios, e cheia em tão pouco tempo.

Ele me explicou os fatos, me falou o quanto era ruim isso para meu crescimento pessoal e profissional, me entregou de volta a tábua:


_ Este problema é seu meu filho, e você mesmo tem resolvê-lo. É preciso fazer disso um ensinamento e tirar proveito desta situação, pois no futuro, o que mais vai precisar é de amigos, de companheiros e de pessoas que o façam brilhar. Faça o seguinte, reflita sobre suas atitudes e, com muita tranquilidade e amor no coração, refassa sua vida, passe a elogiar pessoas, apreciar as coisas boas dando foco no fazer e não no destruir, assim, a cada pessoa elogiada e perdoada, retire um prego da tábua!


Foi assim pescadores, começamos uma nova vida, apesar de levar um tempo maior, todos os pregos foram retirados, todos, um a um, com o mesmo martelinho quebrado, que para retirar os pregos, aquele quebradinho de nada atrapalhava!

Ao findar-se desta terefa, com todos os pregos arrancados, fiquei atômito e confiante que, ao entregar a tábua nesta tarde, sera também mais um elogiado.


_ Pois é meu filho, a missão foi cumprida, agora veja bem a situação desta tábua, olhe-a atentamente e veja o que acontece no coração de quem é maltratado. Ela está toda furada, o que nos mostra e nos aponta o fato de que, ao ser maltratado um dia, mesmo que perdoado as marcas ficam para sempre, pois são fortes e profundas!

Nenhum comentário: