COMENTÁRIOS/ENVIO DE ARTIGOS E FOTOS/SUGESTÕES

Para sugestões, envio de artigos e fotos que queiram ser postados e comentários, usem nosso e-mail:

ivaschin@gmail.com

sexta-feira, 1 de abril de 2011

SILÊNCIO


Há ocasiões em que o silêncio de uma pessoa torna-se mais sábio do que qualquer palavra que poderia ser pronunciada. Quando há pessoas com quem podemos aprender (de todos, sempre podemos aprender algo) o instante é de calar e ouvir, absorvendo cada palavra para que penetre em nossa mente e não nos faça esquecer.

As vezes, quando estamos num templo para ouvir e ter Deus no coração, a melhor maneira de filtrar suas palavras é realmente nosso silêncio, doravantes, ficarei a observá-lo calado, refletindo sobre tudo aquilo que pensam de nós, especificamente de mim, será que estou agindo de uma forma e sendo percebido de outra?

Quem são as pessoas que a mim compreendem?

Quais são as palavras no qual emito, que não são compreendidas?

Existe uma forma de convencimento daquilo que queremos passar que não as atitudes e talvez as poucas palavras?

O que fariamos se não pudessemos falar...nunca mais!?!


Respeitando o fato de que, quem cala concente...errado, totalmente...então, replico: Não respeitando o fato de que, quem cala concente, talvez a melhor maneira seria se calar mediante os fatos e deixar com que o tempo demonstre, se não chegar a ser tão tarde pra isso.


Não posso me calar para meus filhos, eles precisam de minha pouca sabedoria para iniciarem um história de vida, então não posso calar. Não posso me calar aos meus subordinados, pois eles precisam de um direcionamento para obtenção de resultados, então não posso me calar. Não posso me calar á vida e história que quero, pois desta forma, quem dela faz parte não saberá nada daquilo que temos de fazer, ter e conquistar, então, não posso me calar.


Talvez me cale ás injustiças, aos julgamentos "bobos" a ás coisas que a mim não interessam, mas se eu calar não estaria concordando? Creio que não, de repente estaria refletindo para que tudo se normalize e assim, um acordo possa surgir, e como nas lindas histórias...felizes para sempre!!!


O "calar" é confuso, o silêncio pode ter dupla interpretação, pode ajudar, pode ferir, mas também pode dar fim aos conflitos e trazer de volta a paz, o amor e a continuidade de um sonho!


Quem poderá medir as consequencias além dos envolvidos? Nobody...nobody!


Ivair Faria

Nenhum comentário: