COMENTÁRIOS/ENVIO DE ARTIGOS E FOTOS/SUGESTÕES

Para sugestões, envio de artigos e fotos que queiram ser postados e comentários, usem nosso e-mail:

ivaschin@gmail.com

terça-feira, 10 de maio de 2011

RESUMO DE VIDA

Como profissional de marketing, quando enviamos uma candidatura a um emprego, muitas vezes é tão importante o conteúdo do currículo como a forma como escrevemos, nos apresentamos e o próprio aspecto visual do documento. Afinal, se não soubermos “vendermos” a nós próprios, nenhum gestor de recursos humanos ou diretor vai confiar em nós para “vendermos” a empresa dele. Assim, aqui vão algumas dicas para sermos bem sucedidos.

No mercado de trabalho ferozmente competitivo de hoje em dia, conseguir um emprego não é tão fácil como costumava ser. Quando enviamos uma candidatura, é provável que mais uma centena de pessoas se tenham candidatado ao mesmo lugar. O currículo representa o primeiro contato que um potencial empregador tem connosco, e se não estiver bem redigido ou não for chamativo, não conseguiremos sequer uma primeira entrevista.

Aqui estão 10 dicas fundamentais para o melhorar:

1. Escreva uma carta de apresentação que chame a atenção do destinatário logo nos primeiros parágrafos. Se enviar o currículo por e-mail, deve colocá-lo como anexo e enviar a carta de apresentação no corpo do e-mail. Faça uma carta de apresentação personalizada, explicando ao empregador que mais-valias poderá trazer à empresa dele em particular. Não se limite a fazer “copy-paste” de cartas anteriores.

2. Ao criar o seu currículo, tente mantê-lo curto (duas páginas). Para a maioria das empresas, só são relevantes os seus três últimos empregos. Lembre-se que a palavra currículo, em Inglês, se diz “resume”…

3. Construa o seu currículo em torno da posição que a que está a candidatar-se. Se estiver a candidatar-se para um lugar em Marketing, talvez não valha a pena mencionar que já trabalhou como baby-sitter!

4. Inclua o seu nome e informações de contato no topo do seu currículo. É básico, mas se não encontrarem forma de o contactar, não o vão fazer.

5. Use uma fonte de fácil leitura. Tenha atenção o espaçamento entre linhas e entre caracteres. Destaque os aspectos mais importantes recorrendo à formatação de texto. Não se esqueça que o currículo deve ter um aspecto organizado, para que quem o recebe não tenha de andar à procura da informação que lhe interessa mais. Use títulos e subtítulos de forma inteligente.

6. Destaque as suas realizações. Não basta descrever o que a sua posição anterior foi; descreva também, sucintamente, que resultados conseguiu.

7. Não seja demasiado descritivo, mas sim incisivo! Fale apenas do que possa interessar ao potencial empregador.

8. Não inclua referências no currículo. As empresas só pedem referências depois da entrevista inicial.

9. Quando terminar de escrever o seu currículo, releia-o. Se puder, peça a alguém em quem confie para ler também e dar-lhe a sua opinião. Não há nada pior do que um currículo cheio de erros ortográficos ou de gramática.

10. Não minta. Se sentir necessidade de mentir, se calhar a vaga em questão não é a ideal para si.

Nenhum comentário: