COMENTÁRIOS/ENVIO DE ARTIGOS E FOTOS/SUGESTÕES

Para sugestões, envio de artigos e fotos que queiram ser postados e comentários, usem nosso e-mail:

ivaschin@gmail.com

terça-feira, 20 de setembro de 2011

MEU PAI ME DEU


Meus caros pescadores, muito saudoso este pequeno objeto, quando o vi veio logo no peito aquela lembrança gostosa da escola, Escola Estadual Patronato Bom Pastor, gente que coisa maravilhosa, e olha que dava uma preguiça danada ir á aula, mas hoje posso ver o quanto era bom.
A diretora chegava toda manhazinha na sua velha rural, uma buzina horrorosa, parece aquele gritinho assim ó ....uhuuuuuuu...(rsrsrsrs). E o tanto que era brava, credo, que Deua a tenha Dona Maria Beatriz Magalhães dos Santos.
A minha melhor professora, ficou comigo por 03 anos, 2°, 3° e 4° ano de grupo, nuuuuu o tanto que ela me fazia participar dos teatrinhos que tinha lá...e eu naquela gagueira que só vendo, vichhhh. Muita saudades dela, Dona Elce Fraga Delfino Ferreira.

Tinham as faxineiras, a Zezé e a Maria, a primeira uma "brabeza" que só vendo, mas nunca deixava a gente sem comer, e era uma comidinha boa viu, muito boa. Agora a Maria....hummmm essa era mole viu, limpava uma coisa ali o dia inteiro, e sempre falando bem do seu filho, meu colega Márcio que também juntava figurinhas...a gente rebatia muito.

Mas, meu estojinho de madeira era fantástico, não sei por onde ele anda, mas queria muito tê-lo comigo, não existe isso mais, cabia exatamente, uma borracha (eram umas coloridas - vermelho e azul - da mercury), um lápis de escrever (com pontas dos dois lados pra não parar), um lápis de passar traços (vermelhão da ponta grossa) e uma caneta (nem sei pra que, não podia usar mesmo). Ele tinha uma dificuldade pra fechar a tampa, pois era sempre fechado ás pressas e dai entrava torto, quase quebrava ele, mas dai lembrava que, se quebrasse ia apanhar quando chegasse em casa.

Ao meu estojo de madeira, meu muito obrigado por transportar meus objetos e fazer com que, se iniciasse ali mesmo uma responsabilidade, um zelo e grande orgulho...aprendi!